23 de julho de 2017

EM GENERAL SAMPAIO, VEREADOR SUSPEITO DE DIRIGIR EMBRIAGADO É PRESO POR DESACATO A PMS


A Polícia Militar foi acionada inicialmente para atender uma ocorrência de trânsito, mas acabou recebida por 'palavras de baixo calão'

Tiago Peixoto (PR) foi eleito para vereador pelo município de General Sampaio, em 2016, com 224 votos.
Tiago Nunes Peixoto Gomes, 33, conhecido apenas como Tiago Peixoto (PR), vereador pelo município de General Sampaio, foi preso por desacato a policiais militares, na madrugada deste sábado (22). Horas depois, nesta manhã, o político pagou fiança e foi liberado.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Polícia Militar de General Sampaio foi acionada inicialmente para atender uma ocorrência de trânsito, envolvendo uma pessoa que estava dirigindo sob efeito de álcool em via pública e que era o político.
Ao ser abordado pelos policiais, Tiago Peixoto "se exaltou e proferiu palavras de baixo calão contra os agentes de segurança", segundo a SSPDS.
Tiago foi levado à Delegacia Regional de Itapipoca, da Polícia Civil, onde foi autuado por conduzir veículo automotivo sob efeito de álcool ou de outra substância psicoativa e por desacato.
O político passou somente algumas horas na Delegacia. Ainda conforme a Secretaria de Segurança, "o caso foi remetido ao Poder Judiciário, que concedeu liberdade provisória ao político mediante pagamento de fiança e cumprimento de medidas cautelares. As investigações seguirão com a Delegacia Municipal de Pentecoste, responsável pela área", finalizou a Pasta.

Fonte: DN

Morre em Goiânia o relojoeiro Dácio da Ótica Tic Tac

Após intensa luta pela vida, faleceu na noite desta sexta-feira (21), por volta das 19:30 na capital de Goiás, Goiânia, o camocinense conhecido por Dácio da Relojoaria e Ótica Tic Tac. Por decisão da família, vamos preservar o motivo de sua partida. 
Dácio era filho de seu Sebastião Rodrigues de Farias, um dos primeiros relojoeiros da cidade, profissão passada de pai para filho. Desde de o diagnostico da doença que causou sua morte, a família e amigos se uniram em apoio e orações para tentar superar os desafios diários

camocim portal de noticias

21 de julho de 2017

Assembleia Legislativa aprova PEC do fim do TCM em primeiro turno


A Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) aprovou por 32 votos a 8, nesta quinta-feira (20/7), o relatório do deputado Osmar Baquit (sem partido) que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A oposição ainda tentou evitar a votação com duas questões de ordem, mas foi derrotada em plenário.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de autoria do deputado Heitor Férrer (PSB) ainda precisa ser votada em segundo turno, após a volta do recesso em agosto. O relatório havia sido aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) nesta quarta-feira (19/7). Assim como a primeira votação em plenário, a matéria precisa do apoio de pelo menos dois terços dos votos para aprovação final.

A sessão desta quinta-feira, rendeu intensa discussão entre membros da base e da oposição. Apoiada por aliados do governador Camilo Santana (PT), a proposta foi criticada por opositores que acusaram o patrocínio do Palácio da Abolição à medida por razões políticas.

“É uma demonstração de como se prestigia a prepotência, a vingança, a perseguição e como se cultua a arbitrariedade. Se Domingos (Filho) não tivesse ganhado a eleição do Tribunal, não teria sido extinto”, criticou o deputado Roberto Mesquita (PSD).

Renato Roseno (PSOL), que se colocou contra o fim do TCM, pediu a mudança na forma de ingresso dos conselheiros, ao invés de aprovar a PEC. “A escolha dos conselheiros é absolutamente partidária”, pontuou.

Autor da matéria, o deputado Heitor Férrer (PSB) afirmou que “perde eleitores”, mas não “perde as convicções”. Ao defender o fim do órgão, o parlamentar apontou o TCM como “um tribunal do faz de contas” que representa hoje “a maior sede partidária desse Estado” e que funciona para “beneficiar os amigos e perseguir os inimigos”.

Veja como votou cada deputado na PEC do fim do TCM
Votos favoráveis
Agenor Neto (PMDB)
Antônio Granja (PDT)
Audic Mota (PMDB)
Augusta Brito (PCdoB)
Bethrose (PMB)
Bruno Gonçalves (PEN)
Bruno Pedrosa (PP)
Carlos Felipe (PCdoB)
David Durand (PRB)
Dr. Santana (PT)
Dra. Silvana (PMDB)
Elmano Freitas (PT)
Evandro Leitão (PDT)
Ferreira Aragão (PDT)
Gony Arruda (PSD)
Heitor Férrer (PSB)
Jeová Mota (PDT)
João Jaime (DEM)
Joaquim Noronha (PRP)
Julinho (PDT)
Leonardo Pinheiro (PP)
Lucílvio Girão 9PP)
Manoel Duca (PDT)
Mário Hélio (PDT)
Mirian Sobreira (PDT)
Moisés Braz (PT)
Osmar Baquit (PSD)
Rachel Marques (PT)
Robério Monteiro (PDT)
Tin Gomes (PHS)
Tomaz Holanda (PPS)
Walter Cavalcante (PP)

Votos contrários
Aderlânia Noronha (SD)
Danniel Oliveira (PMDB)
Ely Aguiar (PSDC)
Fernanda Pessoa (PR)
Odilon Aguiar (PMB)
Renato Roseno (PSOL)
Roberto Mesquita (PSD)
Sérgio Aguiar (PDT)

Ausentes
Capitão Wagner (PR)
Carlos Matos (PSDB)
Dr. Sarto (PDT)
Fernando Hugo (PP)
Leonardo Araújo (PMDB)

Não votou
Zezinho Albuquerque (PDT), por ser o presidente da Casa

Fonte: O Povo

PLANALTO EMPREGA 11 VEZES MAIS QUE A CASA BRANCA

A Presidência da República tem mais de 3,8 mil assessores, sem contar órgãos vinculados, segundo o Siape, o sistema oficial de gestão dos recursos humanos. Residência e local de trabalho do presidente americano, a Casa Branca dispõe de um contingente de pessoal onze vezes menor: são apenas 377 pessoas para ajudar Donald Trump a administrar o maior orçamento do planeta, de US$4,4 trilhões (R$13,9 trilhões). O orçamento do Brasil é quatro vezes menor: R$3,5 trilhões.

Trump tem 83 assessores a menos que os 460 de Barack Obama. Só essa redução faz a Casa Branca economizar US$5,1 milhões ao ano

O presidente dos EUA mora e trabalha no mesmo local. No Brasil, tem dois palácios, Planalto e Alvorada, além da espaçosa Granja do Torto.

Não estão incluídos, entre os 3,8 mil servidores do Planalto, aqueles de órgãos como Vice-Presidência, secretarias, Abin, agências, AGU etc.

Os EUA, com 120 milhões de habitantes a mais que o Brasil, têm 78 deputados federais a menos. E 19 senadores a mais que os nossos 81.


coluna - Claudio Humberto

HOMEM É EXECUTADO A TIROS NO BAIRRO BRASÍLIA


No início da noite desta quinta-feira (20), Jarbas Alencar foi morto a tiros nas imediações do final da Rua Paissandu, no Bairro Brasília. A vítima, que estava nas proximidades de sua residência, teria sido abordada por dois elementos em uma moto. O garupeiro fez os disparos. 
Alvejado com vários tiros, supostamente de revólver, o homem, que seria usuário de drogas, ainda tentou escapar, mas caiu morto dentro de uma casa próxima. A dupla fugiu em seguida. A Polícia Militar iniciou diligências no intuito de capturar os suspeitos. 

Tadeu Nogueira