21 de julho de 2014

NADA DE NOVO De volta a 2010

Image-0-Artigo-1662611-1O torcedor que esperava um nome novo no comando do Brasil, para celebrar os 100 anos da Seleção Brasileira, se decepcionou. De acordo com site "Globoesporte.Com", Dunga é o novo técnico da seleção pentacampeã.
O retorno do treinador, que comandou o time canarinho na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, será oficializado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) amanhã, às 11h (de Brasília), em coletiva de imprensa, na nova sede da entidade, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.
O nome de Dunga chega como uma surpresa. O mais cotado para o cargo, segundo parte da imprensa nacional, era Tite. Ele ganhou diversos títulos com o Corinthians entre 2011 e 2013. Porém, passou o último semestre sem trabalhar, apesar de ter recebido vários convites.Nos bastidores, também cogitava-se que Alexandre Gallo, coordenador das categorias de base da CBF, deveria assumir o cargo de Felipão, mas de forma interina. Por último, havia o nome de Muricy Ramalho.
O nome de Dunga teve o aval do presidente da CBF, José Maria Marin, e do futuro comandante da entidade, o atual mandatário da Federação Paulista, Marco Polo Del Nero.
O técnico estava muito próximo de assinar com seleção da Venezuela. Durante 15 dias, o capitão do Tetra estava planejando um projeto a longo prazo com a Venezuela com objetivo de coloca-la pela primeira vez em uma Copa. No entanto, nos últimos dias, abandonou o projeto para retornar à Seleção.
Passagem vitoriosa
A primeira passagem de Dunga no comando técnico do Brasil teve êxitos e tropeços. Ele foi contratado em 2006 pelo então presidente Ricardo Teixeira com a missão de comandar a renovação do futebol brasileiro. O primeiro título conquistado foi a Copa América de 2007. Dois anos mais tarde, venceu a Copa das Confederações de 2009. Além da conquista desses dois títulos, o time de Dunga encerrou as eliminatórias para a Copa na primeira colocação. Durante o Mundial de 2010, a equipe foi eliminada ao perder de virada para a Holanda por 2 a 1, o que resultou na demissão do técnico.
Em sua primeira passagem pela Seleção como treinador, Dunga disputou 60 partidas. Foram 42 vitórias, 12 empates e apenas seis derrotas. Dunga vai substituir Luiz Felipe Scolari, que não teve o contrato renovado após as duas goleadas sofridas pela Seleção na Copa disputada no Brasil - 7 a 1 para a Alemanha, nas semifinais, e 3 a 0 para a Holanda, na decisão do 3º lugar.
Após deixar a Seleção, Dunga trabalhou apenas no Inter. No comando do time "Colorado", ele conquistou o Campeonato Gaúcho de 2013, tendo disputado 53 partidas, com 26 vitórias, 18 empates e 9 derrotas.
Centenário com festa discreta
O único evento oficial pelo centenário da Seleção Brasileira foi realizado ontem, no Rio de Janeiro, sem a presença da CBF. A programação foi uma iniciativa do Exeter City, da Inglaterra, clube que foi o primeiro adversário do Brasil, em 1914, e enfrentou o time sub-23 do Fluminense em um amistoso nas Laranjeiras.
O jogo terminou empatado sem gols e teve a presença de 150 torcedores ingleses, que vieram ao País para prestigiar a turnê comemorativa pelos cem anos do jogo com o Brasil.
Antes do amistoso de ontem, a bola usada em 1914 foi exposta nas Laranjeiras, mesmo estádio da estreia da Seleção. Ao fim do jogo, o zagueiro e capitão do Exeter, Bennett, recebeu a Taça Marcos Carneiro de Mendonça, que leva o nome do ex-goleiro do Fluminense que atuou no jogo da estreia da seleção.
O Exeter chegou a procurar a CBF para tentar organizar um novo amistoso para reviver o encontro de 1914, mas a ideia não foi adiante pela coincidência de datas com a Copa de 2014. A entidade brasileira, porém, não deve fazer nenhum evento para celebrar o aniversário.
Na estreia, o Brasil ganhou do Exeter por 2 a 0, com gols de Oswaldo Gomes e Osman.
Em 1914, criadores do futebol se rendiam ao Brasil
Em meio o anúncio da volta de Dunga à Seleção, a primeira partida oficial da Seleção Brasileira completa, nesta segunda, 100 anos. A partida foi uma festa, conforme o pesquisador Airton Fontenele.
"Na época, ninguém acreditava que nós, brasileiros, fôssemos capazes de derrotar os criadores do futebol. O Exeter City era um bom time e estava em excursão no sul da América, onde conseguiu bons resultados", explica Fontenele.
Ele lembra que o Brasil tinha, naquela partida, um grande jogador em campo. Tratava-se de Arthur Friedenreich. "Filho de um comerciante alemão e de uma lavadeira negra brasileira, Arthur Friedenreich era um excelente jogador. Até os nossos dias atuais é considerado um dos maiores atacantes da Seleção".
Friendenreich, um autentico camisa 9 dos bons, fez pela Seleção 23 jogos e marcou 10 gols.
Respeito fora de campo
Outra peculiaridade daquele jogo, segundo Airton Fontenele, é que muitos torcedores brasileiros ficaram de plantão em frente ao hotel em que estavam hospedados os atletas do time inglês. "Era o respeito que nós tínhamos por eles. Mas só fora de campo, pois dentro vencemos o então futebol-arte dos ingleses", diz o pesquisador, que afirma que todo mundo estava entusiasmado com a partida que levou para o Estádio das Laranjeiras cerca de 10 mil pessoas, um bom número para aquele momento. "O público foi ótimo para a época, mesmo sendo um amistoso. Na verdade, todos queriam ver os ingleses, mas quem roubou a cena foi Osman e Oswaldo Gomes que marcaram os dois gols do Brasil em cima do Exeter City", conta.
Apesar de ser um amistoso, de acordo Airton Fontenele, a partida foi muito disputada. O atacante Friedenreich perdeu dois dentes no jogo. "Foi duro, mas prevaleceu o nosso bom futebol", finalizou.

16 de julho de 2014

SERGIO AGUIAR AFIRMA QUE OPOSIÇÃO QUER TUMULTUAR SUA ELEIÇÃO



A Assessoria de Comunicação do primeiro secretário da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Sérgio Aguiar (PROS), vem através desta nota esclarecer que o Ministério Público não tomou parte do pedido de impugnação do registro da candidatura do parlamentar, protocolada pelo suplente de vereador de Camocim, Marcos Coelho. Portanto, Sérgio Aguiar segue como candidato à reeleição.

Marcos Coelho baseia a impugnação na rejeição, pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), das contas de 2002 e 2004 da gestão de Sérgio como prefeito daquele município. Porém, no ano passado, os vereadores da Câmara de Camocim desaprovaram o parecer do Tribunal. 

"Sendo assim, não estou em nenhuma lista de contas desaprovadas dos tribunais de contas. Estou tranquilo e vou provar na Justiça que isto não passa de perseguição política. Marcos Coelho pretende disputar comigo na região. Não teve voto sequer para se eleger vereador e agora está tentando tumultuar”, afirma o deputado.
http://www.blogdokleberteixeira.com/2014/07/sergio-aguiar-afirma-que-oposicao-quer.html?spref=fb

15 de julho de 2014

SÉRIE B Liderança à prova

A equipe que mais lamentou a parada de 45 dias da Série B para a disputa da Copa do Mundo, foi o Ceará. Afinal, o Vovô, ao bater o Bragantino no já distante dia 3 de junho alcançava a liderança da competição, com 21 pontos e 70% de aproveitamento.
E, como não poderia deixar de ser, dúvidas relativas a como a equipe irá se comportar após a retomada do Brasileiro surgiram. O alvinegro perderá o embalo ou manterá a boa performance apresentada?
Por isso, para acabar com qualquer suposição ou desconfiança, o Ceará enfrenta hoje, às 21h50, no Presidente Vargas, o adversário perfeito: o vice-líder Joinville, com um ponto a menos. Ou seja, uma vitória contra um difícil rival jogaria por terra qualquer dívida sobre o nível da equipe após a parada de 45 dias.
 
 
Magno alvesO técnico do Vovô, Sérgio Soares, vê a seus comandados ainda mais fortes do que quando confirmaram a liderança.
"Nosso time vem revigorado, depois de uma parada para descanso. E um comprometimento mais aguçado para que a gente conquiste nosso acesso. Eu trabalho sempre com a linha positiva. Daremos sequência ao que vínhamos fazendo. Vamos trabalhar com mais intensidade, mais força, porque queremos fazer um segundo semestre semelhante ao primeiro", analisou.
Entrosamento
O treinador buscou entrosar ao máximo sua equipe por duas semanas, já que não teria três jogadores importantes para o confronto: o lateral-direito Samuel, o volante Ricardinho e o atacante Bill, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.
Quando definiu os escolhidos, Marcos, Marcus Vinícius e Lulinha - este último fará sua estreia - procurou repetir a formação em vários treinamentos.
"Começamos a trabalhar com uma equipe, durante a preparação mudamos e ela será utilizada no jogo. Digo que é importante dar cancha para um time jogar", finalizou o técnico.
Um destes que ganhou a posição na reta final de preparação foi Lulinha. Ele superou Felipe Amorim e jogará ao lado do artilheiro Magno Alves.
"Teremos um ataque mais veloz, contra uma equipe difícil de ser batida. Mas temos que vencer, afinal, queremos manter o ritmo, o nível e a liderança. Jogaremos em casa e nossa torcida espera uma vitória", avaliou o atacante alvinegro.
Adversário  do Alvinegro espera jogo equilibrado
O Joinville possui um empate a menos e uma derrota a mais em relação ao Ceará, ficando atrás por somente um ponto de diferença. Uma vitória, no entanto, faz com que a equipe assuma a liderança de forma isolada.
"Espero um confronto muito equilibrado. Analisei o jogo deles contra o Bragantino e os jogos anteriores, eles mantém a mesma estrutura de um 4-2-3-1, variando com um 4-4-2", disse.
"É uma equipe que mudou muito pouco do ano passado pra cá e, portanto, está bem entrosada", comentou o técnico da equipe, Hemerson Maria.
Para o duelo, o comandante também contará com uma cara nova - o zagueiro Anderson Conceição, que estava no Bahia, contratado para substituir o ex-capitão Rafael, que se mudou para o futebol árabe.
O técnico, no entanto, despistou e não disse se irá promover a estreia do reforço no confronto diante do líder. O mesmo aconteceu com Ivan, goleiro que se recupera de uma lesão na coxa. O reserva Oliveira deve jogar.

MPE impugna candidatura de Elmano de Freitas

O candidato a deputado estadual Elmano de Freitas (PT), que disputou a Prefeitura de Fortaleza em 2012, também está entre os impugnados pelo MPE. No seu caso, devido à condenação do TRE por uso de servidores e da máquina pública do município na campanha a prefeito. Elmano afirma que pagou a multa que lhe foi imposta (R$ 10,6 mil) e, por isso, não vê razão para se tornar inelegível. “Vamos apresentar nossa defesa e estamos confiantes de que nossa candidatura será deferida”, disse o petista.
O deputado estadual Dedé Teixeira (PT), também impugnado pelo MPE, afirmou que considera a decisão um “equívoco a ser perfeitamente reparado”. A ação é baseada na desaprovação das contas de 2004 da gestão do petista como prefeito de Icapuí. Candidato a reeleição, Dedé Teixeira enviou nota ao O POVO explicando que a Câmara de Icapuí anulou a sessão que desaprovou as contas. “O próprio Legislativo reconheceu vícios no procedimento realizado à época, proferindo novo julgamento, o que resultou no Decreto Legislativo 24/2013, aprovando por unanimidade as contas do exercício de 2004”, afirmou o parlamentar. 

11 de julho de 2014

PMC, Adece e Internacional Marítima assinam memorando para construção de estaleiro

A prefeita Monica Aguiar, o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Roberto Smith, e o representante da empresa produtora de embarcações navais Internacional Marítima LTDA, Luiz Carlos Cantanhede, assinaram um memorando de entendimentos para construção de um estaleiro em Camocim. O ato aconteceu na manhã de ontem (10), no gabinete da prefeita, e prevê a construção de Parque Industrial Naval na cidade.
O investimento na implantação progressiva desse novo projeto será de R$ 120 milhões (programado para três fases) e deverá gerar 1.200 empregos diretos. De acordo com Smith, a escolha de Camocim se deve à existência da aptidão local necessária à intenção de consolidar um parque voltado para o aporte de inovações e tecnologia de última geração, assim como a geração de elevado número de empregos qualificados com reflexo direto na melhoria da qualidade de vida das comunidades locais e da região.
“Destaco ainda o impacto oriundo do incremento na capacidade de competição com a oferta nacional e internacional de produtos e serviços navais, a partir da estruturação de um portfólio de contratos e encomendas com destaque para a demanda vinculada à expansão da produção nacional de petróleo off shore e das necessidades de suprimentos e logística”, declarou o presidente.
Segundo o memorando, a Adece viabilizará as obras de infraestrutura complementares a instalação do estaleiro, bem como orientará a Internacional Marítima na condução do projeto com vistas à concessão de incentivos fiscais.
Também estiveram presentes na assinatura do documento, os diretores de Atração de Investimentos e Infraestrutura da Adece, Cláudio Frota e Eduardo Neves, respectivamente, dentre diversas outras autoridades. Eles ressaltaram que as partes envolvidas estarão comprometidas em dar encaminhamento rápido às demandas delegadas, para que o projeto aconteça e seja concretizado o mais breve possível.


Publicado em: http://camocim.ce.gov.br/1840/#ixzz37DKqLQh1

9 de julho de 2014

Seleção é recebida no Rio com segurança reforçada e protesto de 15 torcedores

Quando o ônibus da seleção passou, torcedores vaiaram a equipe e acenaram com dinheiro


seleção brasileira desembarcou na base aérea do Galeão, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, sob um forte esquema de segurança que envolveu pelo menos 50 agentes do Exército, Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar.
Esperando pelos jogadores que foram derrotados por 7 a 1 pela Alemanha em Belo Horizonte, na semifinal da Copa do Mundo, havia 15 torcedores.
Quando o ônibus da seleção passou pelo portão da base aérea, à 0h10 desta quarta-feira (9), os torcedores vaiaram a equipe e acenaram com dinheiro. Gritos repetidos de "vergonha, vergonha" ecoaram diante da barreira de policiais que protegeu a delegação.
Um torcedor mais exaltado chegou a jogar uma laranja contra o veículo. A fruta estourou sobre o vidro, mas nenhum jogador esboçou reação. 
O ônibus com a delegação seguiu para a concentração na Granja Comary, em Teresópolis, na região serrana do Rio.

3 de julho de 2014

Jogadores da Seleção entram na campanha “Acorda Laurinha”

A história da bebê Laurinha já é conhecida em Fortaleza, e agora até mesmo os jogadores da Seleção Brasileira aderiram à campanha. Neymar, Hulk e David Luiz bateram fotos segurando acamisa da torcida pela melhora da criança.
laurinha
Neymar, Hulk e David Luiz com a camisa da campanha. Foto: Reprodução/Facebook
Um dos familiares da Laura, Marcelo Miranda, foi ao hotel encontrar os jogadores depois que um amigo, o comediante Tirullipa, contou a história da bebê para o Hulk. “Eles dois são muito amigos e o Tirullipa contou pra ele sobre o caso, então ele nos chamou para ir lá e tirar foto com a camisa. A gente falou sobre a Laurinha para o Neymar e o David Luiz e eles disseram que estavam junto com a gente, que ela ia acordar e se recuperar“, conta.
grupo”Acorda Laurinha” no Facebook já tem mais de 87 mil membros e a bebê recentemente foi transferida da unidade de alto para a de médio risco na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal do Hospital e Maternidade Gastroclínica. A família criou o grupo para compartilhar o progresso da bebê e pedir por orações e energias positivas para a sua melhora.
Laurinha está internada desde que sua mãe, Paula Praciano, sofreu um choque anafilático após tomar uma injeção para evitar infecção hospitalar e morreu na hora do parto, fazendo com que a criança ficasse com falta de oxigênio.

LISTA FICHA SUJA DO TCM TRAZ CHICO VAULINO E EUVALDETE FERRO COM 11 CONTAS DESAPROVADAS


ELE ESTÁ INELEGÍVEL ATÉ
 2018, E ELA ATÉ 2022
O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) divulgou e enviou na tarde desta quinta-feira (03) à Justiça Eleitoral, Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e à Procuradoria Regional Eleitoral a lista dos gestores públicos que tiveram, nos últimos oito anos, contas desaprovadas em definitivo na Corte, que são aqueles processos sem mais direito a recursos. A lista desenha o cenário dos fichas-sujas condenados por desvio de recursos no âmbito municipal que não poderão ser candidatos neste ano, nem em 2016, e em alguns casos, nem mesmo em 2022. A lista traz dois recordistas de Camocim em matéria de contas desaprovadas. Trata-se do Ex-Prefeito Chico Vaulino, que aparece na lista negra dos inelegíveis com 4 contas de governo desaprovadas, referentes aos anos de 2006, 2007, 2008 e 2009, ou seja, metade dos seus dois mandatos foram marcados por irregularidades, como a não aplicação do mínimo exigido em saúde e educação, por exemplo, além de outras graves constatações de mau uso do dinheiro público. Além de 4 contas de governo, Chico Vaulino ainda surge com outras 4 contas de gestão desaprovadas, referentes aos anos de 2005 e 2006. Se for contado o tempo a partir do julgamento de sua primeira conta, ele não poderá ser candidato nas eleições de 2014, 2016 e 2018. 
Junto dele, e não poderia ser diferente, está a Ex-Primeira Dama do Município entre 2005 e 2012, sua esposa Euvaldete Ferro, com 3 contas de gestão desaprovadas, uma delas, quando comandava o Fundo de Assistência Social,  com nota de improbidade, o que a torna inelegível para 2014, 2016, 2018, 2020 e 2022. Somando, o casal ficha suja que governou Camocim por 8 anos, totaliza, ironicamente 11 contas desaprovadas, número do partido da dupla, o PP de Paulo Maluf. Vale lembrar que ainda falta o TCM julgar as contas de governo de Chico Vaulino, referentes a 2010, 2011 e 2012. Confira AQUI as contas desaprovadas de Chico Vaulino, e AQUI as contas desaprovadas de Euvaldete Ferro, divulgadas hoje pelo TCM.  http://www.camocimonline.com/

SÉRGIO AGUIAR CONFIRMA CANDIDATURA RUMO AO TERCEIRO MANDATO

Após ter o nome lançado a deputado estadual na convenção do PROS, realizada no dia 29, o primeiro secretário da Assembleia Legislativa, deputado Sérgio Aguiar tentará a reeleição em 2014. O parlamentar, de acordo com sua assessoria, deverá ser votado em 30 cidades do Estado, e contará com o apoio de prefeitos de 10 municípios: Camocim, Granja, Cruz, Bela Cruz, Martinópole, Uruoca, Senador Sá, Ibiapina, Itapiúna e Chaval. Além disso, mais de 100 vereadores da zona norte também estarão com Sérgio Aguiar nestas eleições. Em 2010, com 67.357 votos, Sérgio foi o oitavo deputado estadual mais votado do Ceará. Em outubro ele tentará seu terceiro mandato consecutivo.CAMOCIMONLINE

1 de julho de 2014

Governo prorroga IPI reduzido

Especialistas ouvidos por O POVO se dividem sobre efetividade da manutenção do IPI reduzido para automóveis até dezembro deste ano, anunciado ontem pelo Governo Federal

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou ontem que o desconto no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis será prorrogado até dezembro de 2014 pelo Governo Federal. Para o economista Sérgio Melo, a decisão é importante para manter minimamente aquecido o segmento de produção de veículos. Ele avalia, porém, que a medida não ajuda a melhorar a economia. “Não resolve, pois a economia não depende apenas desse setor, mas, sem dúvida vai ajudar o PIB (Produto Interno Bruto) de 2014 não cair ainda mais”, observa.Para o presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores no Ceará (Fenabrave-CE), Fernando Pontes, é bom porque favorece o setor e porque havia uma expectativa de aumento do imposto. Ele acredita que o mercado vai se manter inalterado nos próximos dias por conta dos feriados, dos jogos da Copa do Mundo e das viagens de férias. “O mercado só vai se recuperar depois da Copa”, afirma, acreditando que em agosto as vendas devem melhorar.
Pontes disse que a expectativa de elevação do IPI aumentou muito o fluxo de compradores nas lojas. “Só em Fortaleza, os emplacamentos e vendas ficaram 2,9% abaixo dos resultados do mês de maio”, comenta.Para ele, o fechamento de junho deve ser igual ou superior a maio deste ano. Ponderando que ainda é muito cedo para falar sobre o impacto da medida, afirma que o mercado de automóveis não está em baixa apenas em Fortaleza mas em todo o País.
Cara
Para o economista Alex Araújo, a redução do IPI é uma medida com pouca efetividade e cara. “É uma tentativa de aquecer o mercado mas no cenário atual, que combina inflação alta com baixo otimismo do consumidor, não deve ter o efeito desejado”.Araújo avalia que, além de não ser favorável no curto prazo, a decisão tem um custo fiscal. “Essa decisão altera a previsão orçamentária e a arrecadação que teve o pior resultado desde maio de 2007. “O Governo não tem mais capacidade de estimular a economia com esse tipo de medida, como fez em 2013”, afirma.Segundo o ministro Mantega, o objetivo é fazer com que o setor se recupere da queda nas vendas. A permanência da desoneração está vinculada a um compromisso do setor em não cortar empregos.Para carros até mil cilindradas, a alíquota permanece em 3%. A previsão era que o IPI para esse ipo de veículo voltasse hoje ao patamar de 7%, anterior à redução. Os automóveis entre mil e 2 mil cilindradas, bicombustíveis, continuaram tributados em 9%. Antes da redução, a alíquota da categoria era 11%.Para o presidente da Associação Nacional da Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, a medida ajudará a impulsionar as vendas nos próximos meses. “Eu tenho a convicção de que, com a manutenção da alíquota, teremos um segundo semestre melhor do que o primeiro”, afirmou.
A produção de automóveis caiu, de acordo com a Anfavea, 14,5% no acumulado dos primeiros cinco meses do ano. (com agências)

PREFEITA MONICA ENTREGA 208 CASAS NO BAIRRO OLINDA

Na tarde da última sexta-feira (27) em Camocim, 208 famílias foram beneficiadas com habitações através do Programa Minha Casa Minha Vida. A Prefeita Monica Aguiar junto a representantes da Caixa Econômica Federal e do Governo do Estado fez a entrega das chaves aos novos moradores do Residencial Nova Olinda.
O Secretário Adjunto das Cidades, Mário Fracalossi Júnior, representando o Governador Cid Gomes, destacou a importância do empreendimento, o trabalho desenvolvido pela Prefeita Monica e o apoio dado pelo Deputado Estadual Sérgio Aguiar. A Prefeita Monica Aguiar agradeceu a todos que contribuíram para a realização do programa e desejou aos novos moradores prosperidade reafirmando o compromisso de dar sempre mais condições melhores de moradia a população: “Hoje vemos a realização de sonhos, mas queremos mais. Por isso iremos trazer mais casas, para que esse sonho seja realidade para mais famílias camocinenses”.

EM BRASÍLIA 'Bleus' avançam às quartas

A França venceu a Nigéria por 2 a 0 ontem, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pelas oitavas de final, e está classificada para a próxima fase da Copa do Mundo. Nas quartas de final, a França enfrentará a Alemanha, que eliminou a Argélia, na próxima sexta-feira, no Maracanã, Rio de Janeiro.
Com a vitória, a França continua invicta na competição. Até aqui, os franceses venceram três partidas e empataram uma, ainda na fase de grupos. Ambas as equipes mostraram muita disposição e velocidade durante o jogo. Apesar de muita movimentação, as seleções sofreram com a forte marcação adversária.
Susto
 
 
frança x nigeriaA França levou o primeiro susto aos 19 min da primeira etapa. Musa cruzou para Emenike, que escorou de primeira e fez o gol, mas a jogada bastante difícil foi anulada pela auxiliar, que marcou impedimento.
A resposta veio três minutos depois. Após rápido contra-ataque francês, Pogba, aos 22 minutos, recebeu cruzamento e chutou forte dentro da área, de primeira. O goleiro Enyeama fez ótima defesa.
No segundo tempo, Benzema perdeu uma oportunidade incrível. Aos 24 min, o atacante francês ganha jogada no meio, tabela com Griezmann e fica cara a cara com o gol. O atacante chuta, mas a bola bate em Enyeama e Moses salva a Nigéria em cima da linha Já aos 34 minutos, quando parecia que a partida iria para a prorrogação, Pogba aproveitou falha do goleiro Enyeama em cobrança de escanteio e abriu o placar da partida.
Contra
Nos acréscimos, aos 46 minutos, Yobo, contra, fez o segundo gol francês após o cruzamento, que definiu a terceira vitória da França na Copa. Ele se confundiu no lance com o goleiro Enyeama, o melhor jogador em campo e principal responsável pela seleção francesa não ter ampliado mais ainda o marcador.

Mauro para o Senado na chapa de Camilo Santana

O deputado estadual Mauro Filho (PROS), no início da noite de ontem, aceitou ser o candidato ao Senado na chapa encabeçada pelo também deputado estadual Camilo Santana (PT), como candidato a governador do Estado, apoiado por Cid Gomes. Depois de definido o nome do candidato ao Senado, o governador e os representantes de partidos aliados discutiram o nome do candidato a vice-governador, que ficou com a ex-secretária da Educação Izolda Cela.
mauro filhoNo sábado à noite, a vaga de vice-governador, na chapa de Camilo Santana, havia sido destinada ao deputado José Albuquerque, presidente da Assembleia Legislativa, mas ele preferiu ficar no Legislativo, daí o fato de a convenção dos governistas, no último domingo, ter acabado homologando apenas a candidatura de Camilo Santana ao Governo e a coligação partidária.
No fim da noite de ontem, terminou o prazo definido pelo Calendário Eleitoral, feito pelo Tribunal Superior Eleitoral, para que todos os candidatos ao pleito deste ano tivessem seus nomes homologados em convenções, assim como homologadas ao coligações partidárias.
Aos poucos, o clima de insatisfação de alguns aliados do governador Cid Gomes, em razão da candidatura do petista Camilo Santana, vai arrefecendo. Durante toda a manhã de ontem, correligionários do PROS e membros da legenda se reuniam para decidir os rumos a serem seguidos em prol do apoio ao postulante do cargo de chefe do Poder Executivo Estadual.
 
O anúncio de que Santana iria disputar o Governo do Estado pegou muitos de surpresa, o que fez com que alguns tivessem que se reunir para decidir se permaneciam ou não na coligação de, pelo menos, 17 partidos. O Solidariedade (SD), por exemplo, que tem resolução nacional contra o Partido dos Trabalhadores, foi um que passaram a manhã reunido em busca de um denominador comum ao imbróglio que se tornou parte da chapa.
O líder do partido na Assembleia, o deputado Fernando Hugo, é um dos maiores críticos do PT na Casa, assim como do Governo Dilma Rousseff, e não recebeu o anúncio de candidatura do petista com muita satisfação. Thiago Campelo e Lucilvio Girão são outros que compõem o SD no Legislativo Estadual e também não se conformam com a indicação.
Problemas
O presidente da sigla, Genecias Noronha, chegou a dizer que o grêmio é oposição ao PT em nível nacional, mas que no Ceará pode ter a primazia de decidir com quem ficaria.
O deputado Manoel Duca (PROS), um dos defensores de um nome originário do Legislativo, disse que foi pego de surpresa com a indicação de candidato do PT, já que ele defendia Zezinho Albuquerque ou Domingos Filho. Segundo disse, há problemas internos e nos municípios que devem ser solucionados ao longo dos dias. "Nós mesmos temos problemas (com o nome), mas vamos conversar e ouvir o governador", declarou ele, que passou a manhã em reunião com o presidente da Assembleia.
O primeiro secretário da Assembleia Legislativa, Sergio Aguiar (PROS), disse que teve seu pedido atendido em parte, porque mesmo Camilo sendo integrante da Casa não é um membro do PROS. Ele defendia que o indicado fosse um dos representantes do Legislativo, sendo que os nomes que aprovava eram os de Zezinho, Mauro Filho ou Domingos Filho, todos do PROS. "É claro que eu queria o fortalecimento do PROS, mas com o nome do Camilo, o partido demonstra que não está fazendo um projeto apenas dele (PROS)".
Superada
Ele lembrou também que alguns partidos deixaram de formar no grupo com a coligação encabeçada pelo PT, considerando o cenário nacional, onde as siglas são contrárias à legenda petista. "Foi um fator que gerou dificuldades. Se o candidato fosse do PROS, não haveria essa problemática", disse o parlamentar em referência à saída de DEM e PPS da coligação. Os aliados da candidatura de Santana esperam que essa situação seja superada com a capacidade de gestão do petista.
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque, foi mais comedido e defendeu a candidatura de Camilo Santana. O parlamentar, que deve ser candidato à reeleição, disse que Santana é o melhor candidato para o momento atual. "Eu sempre dizia que o meu nome estava à disposição, mas não fazemos política com nome, mas com projeto", disse.
Ele ressaltou que está realizando reuniões com prefeitos, deputados e lideranças políticas visando o apoio a Camilo. "Talvez eu vá trabalhar mais para ele do que iria trabalhar para a minha candidatura", disse Albuquerque, afirmando que irá ficar mesmo no Legislativo. "Sou homem do Parlamento", frisou.
Antônio Granja (PROS), por sua vez, lembrou que toda uma conjuntura teve que ser alterada por conta do nome apresentado, mas destacou que os parlamentares terão que trabalhar para tentar os problemas surgidos. "Vamos ver se conseguimos convencer esses parceiros para fortalecer a candidatura de Camilo Santana. Não era o nome da linha de frente, mas eu diria que não foi uma grande surpresa".
O líder do PSD na Assembleia, deputado Osmar Baquit, ressaltou que no seu partido nenhum dos cinco deputados se colocam contra a indicação de Cid Gomes. Nem mesmo ele que é um dos maiores críticos do PT, no Município de Quixadá.
Já o PCdoB mostrava satisfação com a indicação do nome de Santana, no entanto, passou a manhã cobrando uma posição quanto ao nome para o Senado Federal e vice-governador. Segundo informou o deputado Lula Morais (PCdoB), a legenda ficaria contente com a indicação do senador Inácio Arruda, para qualquer uma das duas vagas, embora antes reclamasse a reeleição de Inácio.

30 de junho de 2014

Convenção oficializa Camilo Santana candidato ao Governo

Image-0-Artigo-1647645-1

A candidatura do petista Camilo Santana ao Governo do Estado foi oficializada na manhã de ontem durante convenção coletiva do PROS, PT e outros partidos aliados à coligação liderada pelo governador Cid Gomes. Apesar de o evento marcar, em tese, a definição dos nomes que disputarão as eleições deste ano, ainda seguem indefinidas as vagas na chapa majoritária de vice-governador e senador. O grupo só vai bater o martelo hoje.
Realizada em um ginásio no Centro de Fortaleza, a convenção reuniu milhares de militantes de dezenas de partidos que compõem a aliança da situação, além de prefeitos e lideranças do Interior. O evento estava marcado para iniciar às 9h, mas apenas depois das 10h30 o governador Cid Gomes chegou ao local acompanhado da comitiva formada pelo candidato Camilo Santana, prefeito Roberto Cláudio e deputados aliados.
O nome de Camilo Santana já havia sido cogitado anteriormente para a sucessão estadual, mas ele não integrava a lista dos favoritos para o cargo, na qual só constavam pessoas do PROS. Como a candidatura dele foi confirmada somente sábado à noite, os banners de divulgação da campanha foram produzidos na madrugada de domingo, ilustrando uma foto do petista ao lado de Lula, Dilma, Ciro, Cid e Roberto Cláudio.
Frustrada
O deputado federal José Guimarães teve grande destaque no evento de ontem. Na calçada do ginásio, era possível visualizar alguns banners dele ao lado da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, levando-se a supor que o material foi feito para uma campanha de senador, que acabou frustrada. Desde o ano passado, Guimarães tenta emplacar postulação ao Senado, mas seu nome enfrentou resistência dos partidos aliados. O deputado retirou, no último sábado, a candidatura de senador e indicou Camilo ao Governo para unificar a aliança.
Mesmo com um tom de unidade durante a convenção, ainda restaram arestas que não foram digeridas completamente por alguns líderes partidários. O encontro conseguiu reunir petistas que se posicionavam contra a aliança com o Governo Estadual, como os vereadores Guilherme Sampaio, Deodato Ramalho e Acrísio Sena, mas deixou de fora os militantes da corrente da ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins.
Ausência
No palco do ginásio, dos cinco pré-candidatos do PROS, só não estava presente a ex-secretária da Educação Izolda Cela. O vice- governador Domingos Filho, que poderá ganhar uma cadeira no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM); o deputado Mauro Filho, que foi indicado para o Senado, e o ex-ministro dos Portos Leônidas Cristino, que vai se candidatar a deputado federal, mantiveram-se no palco ao lado de Cid e Camilo durante toda a solenidade.
A ausência do presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Albuquerque, foi sentida na maior parte do evento. O parlamentar, que era um dos mais cotados para postular o Governo e tem relação estreita com o governador, ficou pouco tempo no palanque e não se posicionou, em nenhum momento, ao lado do candidato Camilo Santana. Algumas pessoas nem chegaram a ver se Zezinho Albuquerque teria ido mesmo à convenção, mas Ciro Gomes confirmou a presença do aliado. Ao presidente da Assembleia foi oferecida a vaga de vice-governador na chapa.
Reeleição
Dezenas de lideranças políticas apertaram-se no palco para apoiar a candidatura de Camilo Santana, entre eles o senador Inácio Arruda (PCdoB), que ainda fala na possibilidade de ser candidato à reeleição representando a coligação ligada ao Governo. Ao cumprimentar Cid Gomes, o senador ouviu do governador, numa resposta rápida, que só hoje eles se reuniriam.
Após o evento, o secretário estadual da Saúde, Ciro Gomes, confirmou que a vaga do Senado será indicada pelo PROS, embora "não necessariamente um militante do PROS". Antes, seria o PT quem definiria o nome, mas com a candidatura do petista Camilo Santana ao Governo, essa prerrogativa ficou com o partido do governador.
Ainda de acordo com Ciro Gomes, o candidato que disputará o Senado pela chapa majoritária deveria ser um dos pré-candidatos do PROS, que abriram mão da candidatura para apoiar Camilo Santana. "(Um desses nomes) Poderá e deveria ser, na minha opinião, o senador", opina o ex-ministro. Sobre a possibilidade de ser Mauro Filho essa possibilidade, Ciro Gomes responde: "É um extraordinário nome, por exemplo".
Alguns candidatos a deputado estadual e federal aproveitaram o momento da convenção para empunhar bandeiras divulgando suas candidaturas e panfletar materiais de campanha. Antes da comitiva do governador Cid Gomes chegar ao encontro, um grupo de tambores recepcionava os militantes. Na parte de fora do evento, parte da rua ficou fechada para abrigar barracas com venda de bebidas e comidas. O PT montou, ao lado do ginásio, um stand para concentrar os filiados.

27 de junho de 2014

Turistas já deixaram meio bilhão de reais no Ceará

Foram 237 mil pessoas nos quatro jogos da Copa do Mundo no Castelão, sendo 70% de turistas. Já a Fan Fest recebeu, em 13 dias, 350 mil pessoas. Os dados foram divulgados ontem por Governo e Prefeitura

Um total de 237.737 torcedores passaram pela Arena Castelão nos quatro jogos da primeira fase da Copa do Mundo em Fortaleza, o que representa uma plateia média de 59.434 por partida. Desse público, 70,25% ou 167 mil torcedores são turistas, que deixaram R$ 500 milhões na economia do Estado. Já a Fan Fest recebeu mais de 350 mil pessoas em 13 dias, com público médio de 25.500.

Os dados foram divulgados por Ferruccio Feitosa, titular da Secretaria Especial da Copa do Ceará (Secopa). Ele e outros representantes do Governo e da Prefeitura apresentaram balanço da Copa em Fortaleza ontem no Centro de Eventos. O titular da Secopa ressaltou que, para os seis jogos da Arena Castelão, estima-se um público de mais de 258 mil turistas, sendo que 150 mil são estrangeiros e 108 mil brasileiros de outros estados. “É um número cinco vezes maior que a Copa das Confederações”.

Entre os turistas que já passaram pelo Castelão nos últimos quatro jogos, 94.500 são estrangeiros e 72.509 são brasileiros de outros estados. “R$ 500 milhões é um incremento que o Estado recebe de forma imediata, devido aos recursos que esses turistas movimentam no comércio, serviços e passeios”. Ele também destaca que o Castelão foi classificado como excelente por 88,37% das opiniões registradas em avaliações na internet.

Recordes: Castelão, Fan Fest e Aeroporto
O recorde de público no Castelão ocorreu no jogo entre Brasil e México, com 60.342 torcedores. No mesmo dia, o Aeroporto Pinto Martins registrou 322 movimentações - entre pousos e decolagens. Em dias normais, o equipamento registra 140 a 150 movimentações. “Cerca de 29 mil pessoas desembarcaram sem atrasos”, diz Ferruccio. Na Fan Fest, o recorde foi de 68 mil pessoas, alcançado na última segunda-feira, quando o Brasil jogou contra Camarões em Brasília. 

Nas palavras da titular da Secretaria Extraordinária da Copa de Fortaleza (Secopafor), Patrícia Macêdo, para o jogo de domingo, Holanda e México, a chegada de um grupo com mais de 1.500 torcedores holandeses deverá aumentar as estatísticas. “A Prefeitura está em contato com a torcida organizada da Holanda, que vai fazer uma concentração, para o jogo de domingo, no Fan Fest e deverá se dirigir para o bolsão da Alberto Craveiro. Lá, vão fazer uma nova concentração e ir a pé, puxando a festa para o estádio”.